Mercado de Eventos no Brasil:
principais números do setor

 

Em outubro de 2013 o Sebrae em parceria com a Associação Brasileira das Empresas de Eventos (Abeoc) desenvolveram o 2º Dimensionamento Econômico do Setor de Eventos. O documento baseado em pesquisa realizada com cerca de 60 mil empresas do setor faz um panorama completo de todo mercado de eventos no Brasil, o aumento de público e de eventos em si realizados em cada região do país, as transformações e tendências em relação a segmentos e aos meios de comunicação.
De lá pra cá é provável que os números contidos no estudo tenham já evoluído consideravelmente, mas ainda assim são números que merecem destaque e atenção especial do setor de eventos. Para que os principais dados sejam facilmente compreendidos resumimos os mais importantes em um infográfico, a seguir.
Conforme mostra o infográfico, o número de participantes e faturamento de eventos mais que dobrou nos últimos anos, passando o faturamento de 37 milhões em 2001 para mais de 209 milhões em 2013, e de participantes de 79,8 milhões em 2011 para mais de 202 milhões em 2013.
Isso reflete tanto na expansão do mercado de eventos no Brasil em relação as regiões e estados do país – que se mantém mais forte nas regiões sudeste e nordeste com presença cada vez mais representativa nas demais regiões – mas principalmente no uso cada vez mais constante de meios de comunicação online para transmitir e divulgar informações dos eventos, visto que a pesquisa indica que desde 2013 os sites representam a mídia mais utilizada para comunicação corporativa no mercado de eventos no Brasil, cerca de 84,4% do setor. Há ainda as redes sociais em segundo lugar, com 66,6% de uso no setor e o email marketing em terceiro lugar, com 46,6%.
Até 2013 apenas as empresas movimentaram cerca de 72 bilhões de reais, gerando no total mais de 7,5 milhões de empregos –  a grande maioria de empregos indiretos (mais de 5 milhões) e mais de 130 mil empregos diretos, além quase 2 milhões de terceirizados.

Leave a Reply