CES® 2017
Os destaques da 50ª edição do evento

 

Tradicionalmente há 50 anos a cidade de Las Vegas, no Texas (EUA) é sede de uma das mais importantes feiras de tecnologia do mundo, a CES (Costumer Electronics Show). Neste ano, entre os dias 5 e 8 de janeiro a CES se tornou mais uma vez plataforma de lançamento de inovações que transformam e transformarão o mundo.
Com grande destaque a evolução de automóveis e da tecnologia móvel – smartphones, tablets e televisores ultra HD – a feira trouxe também diversas novidades e apostas em áreas como inteligência artificial (AI), realidade virtual (VR) e internet das coisas (IoT). Em 2017 a CES reuniu cerca de 3.800 expositores entre fabricantes, desenvolvedores e fornecedores de hardware de tecnologia de consumo, conteúdo, sistemas de entrega de tecnologia dentre outros, mais de 300 sessões de conferências e mais de 165 mil participantes de 150 países.
A palavra chave dentre os destaques do setor de automóveis é automatização. Num investimento na personalização dos produtos as empresas do ramo investem principalmente em comandos de inteligência artificial para uso pessoal. Na CES, a BMW apresentou protótipo de sedãs automatizados. Bosh, Toyota e Nissan apresentaram suas versões de carros conceito em que os passageiros podem interagir ou ter seus movimentos reconhecidos através da tecnologia de AI dos veículos; a Nissan aposta no lançamento de seus veículos autônomos ainda antes de 2020. A Hyundai por sua vez aposta na “micro-mobilidade” das motos articuladas a fim de agilizar locomoção e estacionamento. Isso sem falar do FF 91 que permite estacionar um carro a distância usando apenas o smartphone.
A inteligência artificial aparece principalmente de cinco maneiras: comando de voz (em diversos tipos de aparelhos e utilizações), rotina pessoal e profissional (na personalização de funções de aparelhos e objetos do dia a dia), conexão (de internet especialmente, dentre outras), transporte (principalmente no setor automotivo) e digitalização (como, por exemplo, a realidade virtual). A ZF trouxe a CES 2017 o ZF ProAI, um software de inteligência artificial com enorme capacidade de aprendizagem, para além das aplicações automotivas; e a Carnival desenvolveu um serviço de recepção personalizado aos hóspedes durante seus cruzeiros chamado de Ocean Medallion, desta maneira serão melhores e mais intensas as experiências de interação da viagem.
A Samsung trouxe IoT (Internet das coisas) como novidade através na nova lavadora e secadora Wash & FlexDry que possui quatro compartimentos separados na máquina que permitem a personalização dos seus comandos. A Lucaro apresentou a iRobotics 7 Medical Massage Chair: uma cadeira de massagem com nome longo e complexo que veio pra otimizar suas funções a medida que monitora pressão e frequência cardíaca se adaptando durante a massagem.
Por último e nem de longe menos importante a tecnologia das telas. Sejam as telas de smartphones (Huawei/Honor, Qualcomm e ZTE), filmadoras (Panasonic) ou televisores (Hisense, LG, Sony e TCL) a evolução da resolução veio pra grande parte das marcas expositoras da CES e o 4K , ou ultra HD, chega com força nos mais novos lançamentos, bem como uma forte tendência ao baixo custo e melhor desempenho dos dispositivos. O 3D permanece em grande destaque no setor, especialmente quando aplicado no mapeamento espacial em experiências de realidade virtual – alguns exemplos de projetos nesse aspecto foram os da Continental (detecção 3D de alta resolução) e Royole Moon (teatro móvel virtual 3D) e Intel (com o Projeto Alloy).
Sinta um pouco do clima do evento no vídeo resumo produzido pela própria CES – é possível ativar legendas em português, se necessário.

Leave a Reply