Game Corporativo
O entretenimento como ferramenta de negócio

Já se foi o tempo em que jogos eram apenas sinônimo de entretenimento. Hoje em dia a palavra que mais se aproxima da ação dos games de forma geral é experiência. E partindo do princípio de que proporcionar boas experiências e relacioná-las aos negócios aproxima tanto clientes como colaboradores é que muitas empresas tem aderido ao recurso e dado forma ao que chamamos de game corporativo.
Em 2014, um estudo de Mapeamento da Indústria Brasileira e Global de Jogos Digitais, realizado pelo Núcleo de Política e Gestão Tecnológica da USP, indicou que 48% da produção de games por empresas no Brasil eram de jogos corporativos ou que iam de alguma maneira para além do puro entretenimento. De lá pra cá foi possível observar o desenvolvimento contínuo de diversas empresas na área e, consequentemente, o aumento da utilização de game corporativo e dados sobre o setor.
A Trade Marketing Solution (TMS) – especializada em operações de trade marketing e vendas – realizou uma pesquisa com seus promotores que indicou aumento médio de 20% em vendas através da utilização de game corporativo em ações de marketing e treinamento. O estudo indica ainda que serão gastos cerca de US$ 5 bilhões no mundo com game até 2018 e que, até 2020, cerca de 85% das grandes empresas ao redor do mundo irão aderir a utilização de game corporativo em suas operações.
Já imaginou apresentar sua empresa ou produto através de um game? Um exagero? E é possível?
Graças a tecnologia de realidade virtual, por exemplo, que tem se apresentado a grande inovação no segmento para eventos e tantas outras áreas, é sim. Mais do que um dispositivo de entretenimento ou apresentação de informações em ambientes tridimensionais, a interação ou manipulação de resultados através de games fazem do conteúdo apresentado ainda mais interessante.
A RSTcom produz não apenas conteúdo expositivo para vídeo e realidade virtual como também incríveis soluções para game corporativo, proporcionando ainda mais engajamento, interação e clareza as informações transmitidas aos usuários do game. Certamente um stand que ofereça uma atividade interativa fará com que a marca chame mais atenção e, consequentemente, seja lembrada. Isso porque as possibilidades de desenvolvimento de conteúdo para game são infinitas e é possível personalizá-las de acordo com as necessidades e objetivos de cada ação de marketing ou evento.

Leave a Reply