O hiper realismo da Projeção Holográfica

 

A luz é objeto de estudo e arte desde a descoberta da fotografia, e não foi diferente quando em 1948 Dennis Gabor criou um conceito de apresentação de imagens tridimensionais com uso da luz: o que hoje conhecemos como projeção holográfica. Foi como uma evolução da fotografia que não apenas representava estaticamente o objeto fotografado como lhe dava luz, sombras, forma.
Dai em diante a tecnologia de projeção holográfica já foi aplicada de diversas outras maneiras, que vão desde CDs e DVDs, TVs, celulares e até mesmo na nota de 20 reais. Isso porque a holografia reúne uma série de fatores que influenciam no processo de verificação de autenticidade e dificilmente podem ser clonados.
A projeção holográfica que é geralmente realizada em películas transparentes reproduz de forma realista e em tamanho real imagens que podem ser gravadas ou transmitidas ao vivo, permitindo a criação de diferentes ambientes e situações durante um evento. A proposta de forma visual e realista se aproxima ainda mais do espectador/cliente a medida que esse tipo de interação do público com produto se torna possível.
Esse tipo de recurso é, portanto, não apenas atraente por todo aparato tecnológico que apresenta, mas especialmente útil por quebrar a barreira de tempo e espaço e trazer pra perto imagens de qualquer época e/ou qualquer lugar do mundo para onde quiser. Nesse aspecto a projeção holográfica tem sido bastante usada justamente pra trazer de volta grandes artistas já falecidos em edições atualizadas de seus shows, tais como os shows do Cazuza, Michael Jackson e Tupac em 2016.

Em eventos a projeção holográfica é geralmente implementada através de displays especiais para esse tipo de ação a fim de possibilitar proximidade, interação e uma visão 360º do produto ou informação apresentada no display. Como exemplo selecionamos abaixo dois vídeos de projeção holográfica em display produzidos pela  ArtiShock – uma plataforma criativa holandesa que explora projetos de Realidade Virtual e Aumentada.

Leave a Reply